Equipe

Coordenação Geral


Mario Monzoni

Coordenador Geral

Professor da FGV-EAESP. Coordenador do Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV-EAESP (GVces). Responsável pelas atividades de pesquisa, capacitação e comunicação do GVces, nas áreas de finanças sustentáveis, empreendedorismo sustentável e cadeias de valor, consumo sustentável e mudanças climáticas; educação para a sustentabilidade e sustentabilidade e inovação. Doutor em Administração Pública e Governo' pela FGV-EAESP. Mestre em Administração de Política Econômica pela School of International and Public Affairs (SIPA), da Columbia University, Nova York, EUA. Mestre em Finanças Públicas pela FGV-EAESP. Bacharel em Administração de Empresas pela FGV-EAESP. Foi Coordenador do Projeto Eco-Finanças, uma iniciativa da ONG Amigos da Terra - Amazônia Brasileira, que tem como objetivo último encorajar instituições financeiras a incorporarem considerações sociais e ambientais em seus processos de tomada de decisão. Treinou mais de 20 instituições financeiras sobre riscos e oportunidades ambientais. Concebeu e aplicou 60 sessões de treinamento de quatro horas para mais de 1.200 gerentes do Banco Real ABN AMRO. Especializado em Sustentabilidade, Finanças e Economia do Meio Ambiente, Mario tem passagem pelo Departamento de Pesquisa do Banco Mundial e dois anos de trabalho na Coordenação Financeira do Consórcio Gerenciador do Projeto de Despoluição do Rio Tietê. Como pequeno-empresário, teve experiência na área de consultoria financeira e é sócio da Venturas e Aventuras Turismo, operadora de ecoturismo, ramo em que atua há 18 anos.


Paulo Durval Branco

Vice Coordenação

Mestre em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Graduado em Administração, com especialização em Sistemas de Informação, também pela PUC-Rio. Atuou como executivo nas áreas de desenvolvimento organizacional e gestão de pessoas, e como consultor de gestão empresarial e facilitador em programas de desenvolvimento gerencial junto a empresas privadas e públicas de vários estados brasileiros. É sócio-fundador da Ekobé, empresa de consultoria em sustentabilidade corporativa, que desde 2003 contribui para a integração de princípios e práticas do desenvolvimento sustentável na estratégia de diversas empresas nacionais e multinacionais assim como na cadeia de valor de diferentes setores. Foi Professor nos cursos de Graduação e Pós-Graduação do Departamento de Administração da PUC-Rio e no MBA em Gestão Empresarial da Fundação Getulio Vargas (FGV-RJ). É docente convidado da ESCAS - Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade, tendo vários de seus trabalhos acadêmicos, nas áreas de Sustentabilidade, Educação e Negócios, publicados no Brasil e no exterior. Ocupa também o cargo de coordenador do programa Inovação na Criação de Valor.

 

Secretaria Executiva


Fernanda Carreira

Secretária Executiva

Pós-graduada em Gestão de Sustentabilidade pela FGV, onde também cursou Administração de Empresas. Sua monografia analisou se modelos tradicionais de Gestão da Mudança utilizados por empresas em processos de transformação organizacional se aplicam quando a mudança em questão é a sustentabilidade. Foi monitora do GVpec nos cursos Princípios e Práticas para ONGs, Princípios e Práticas de RSE e Administração Financeira. Quanto a sua experiência profissional, foi consultora sênior na PwC na área de Organization&Strategy, onde desenvolvia projetos de estratégia, governança corporativa, estrutura organizacional e modelos de gestão. Antes disso, foi consultora na Significa, onde era responsável pela elaboração de políticas de sustentabilidade, investimento social privado e responsabilidade social para empresas. Trabalhou também nas ONGs Associação Prato Cheio e Associação Franquia Solidária. No GVces, foi coordenadora de Projetos no Programa Sustentabilidade Global e hoje é Secretária Executiva do Centro, responsável por captação de recursos e novos projetos, relacionamento institucional, gestão do conhecimento e planejamento estratégico.


Graziela Rodrigues

Assistente de Planejamento

Desenvolveu trabalhos no Centro de Estudos de Ética nas Organizações da FGV e atuou em ONGs apoiando a elaboração de projeto e captação de recursos.

 

Coordenação Acadêmica


Renato Orsato

Coordenador da Linha de Pesquisa e Publicação

Professor da FGV, Renato J. Orsato trabalhou de 2004 a 2010 como professor e pesquisador sênior no Centro de Inovação Social, Fontainebleau, na França, onde atualmente é professor visitante. Como pesquisador, educador e consultor, nos últimos 15 anos ensinou em cursos de MBA e em programas executivos no INSEAD e HEC (França), Universidade de Lund (Suécia), Universidade de Amesterdão (Holanda) e na University of Technology Sydney (Austrália). Como acadêmico e consultor em administração de empresas, trabalhou com organizações públicas e empresas privadas em mais de 20 países. É autor da publicação Estratégias em Sustentabilidade - Quando é que vale a pena ser verde? (Palgrave Macmillan - INSEAD Business Press 2009), finalista da Academy of Management ONE Book Award 2010. Orsato também escreveu diversos capítulos de livros e casos, publicados em revistas acadêmicas. É PhD em Gestão, Mestre Honorário em Estudos Organizacionais e Bacharel Honorário em Engenharia Civil e Administração de Empresas.

 

Inovação na Criação de Valor


Ana Coelho

Gestora de Projeto

Mestre em Conservação da Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável pela Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade – ESCAS, uma parceira de mestrado profissional entre o Instituto de Pesquisas Ecológicas – IPÊ e Natura. Graduada em Ciências Sociais e bacharel em Antropologia pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Previamente ao GVces, trabalhou na Ekobé, Consultoria em Sustentabilidade Corporativa, fornecendo apoio tanto nos projetos com clientes como no desenvolvimento institucional da consultoria, e prestou serviço à Vivo- Operadora de Telefonia Celular, elaborando Critérios de Avaliação de Impactos Socioambientais de Estações Rádio Base em conjunto com outros pesquisadores. Em paralelo às atividades no GVces, faz parte do coletivo responsável pela Semana Vegetariana da Unicamp (evento anual gratuito que visa informar e sensibilizar a sociedade quanto à causa animal).


Maíra Bombachini Silva

Pesquisadora

Paulistana, mas cresceu no litoral de Santa Catarina. Formou-se Engenheira Ambiental em 2006 pela Universidade do Vale do Itajaí – Univali/SC e durante a graduação desenvolveu um projeto de pesquisa com indicadores de ecoeficiência no contexto da universidade, que foi aprofundado em seu TCC. Por cinco anos trabalhou como consultora e também coordenadora em projetos relacionados à gestão ambiental, sistemas de gestão, boas práticas e diagnósticos setoriais na LCG Consultoria e Gestão em Sustentabilidade, empresa catarinense de pequeno porte com atuação focada em pequenas empresas e produtores rurais, com forte atuação junto ao SEBRAE em seus projetos. Em 2010, Maíra voltou para São Paulo para cursar o Master em Gestão de Sustentabilidade da GV e fez o programa internacional de duplo diploma na HEC Paris, na França onde aprofundou conhecimento e interesse em social business. Como parte da grade curricular francesa, desenvolveu em parceria com colegas de sala um pequeno trabalho de consultoria no setor corporativo de sustentabilidade da multinacional francesa Alstom e Alstom Foundation. A mudança para a capital paulista trouxe inquietações relacionadas aos problemas do contexto urbano, em especial o da mobilidade. Ao integrar coletivos de ciclistas descobriu uma nova forma de enxergar e participar da cidade, entusiasmando-se com a possibilidade de contribuir para as mudanças que deseja ver em São Paulo. Apaixonada pelo contato com a natureza, precisa sair de São Paulo de tempos em tempos para respirar novos ares.


Mauricio Jerozolimski

Gestor de Projeto

Formado em administração de empresas na EAESP/FGV em 2005, trabalhou nos últimos oito anos em projetos de consultoria com foco em gestão estratégica e sustentabilidade, atuando pela empresa AMCE Negócios Sustentáveis. Coordenou projetos voltados principalmente para grandes e médias empresas de diferentes setores, envolvendo diagnósticos organizacionais, gestão de fornecedores, relacionamento com comunidades, indicadores de desempenho, políticas e procedimentos corporativos, relatórios anuais e de sustentabilidade, entre outros.


Sueli Helena Rocha Lopes

Pesquisadora

Mestranda em Administração de Empresas, na área da Gestão Socioambiental, pela FGV. Graduada em Administração Pública pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho) e pós graduada em Gestão da Produção pela Universidade Federal de São Carlos.

 

Sustentabilidade Global


Renato Armelin

Coordenador

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo e em Administração de Empresas pela Pontificea Universidade Católica de São Paulo, com doutorado em Ecologia, pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado em ecologia de populações pela Universidade Estadual de Campinas. Possui ainda especializações em Gestão e Tecnologias Ambientais, pela Universidade de São Paulo, e Economia Financeira, pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo. Atuou por um ano como pesquisador e docente associado ao Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal da Universidade Estadual de Campinas. Trabalhou na Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo com gerente técnico de projeto financiado pelo Global Environment Facility (GEF) e implementado pelo Banco Mundial (BIRD), com enfoques, entre outros, em desenvolvimento rural sustentável, recuperação de matas ciliares e pagamentos por serviços ambientais. Teve também uma passagem pela empresa ARCADIS Logos S.A., onde coordenou projetos de licenciamento ambiental relacionados ao meio biótico. Mesmo fora do trabalho procura sempre estar com a mão na massa, literalmente: seu hobbie é fazer pães.


Beatriz Kiss

Gestora de Projeto

Engenheira Ambiental pelas Faculdades Oswaldo Cruz, coordena o Programa Brasileiro GHG Protocol e os trabalhos relativos ao Registro Público de Emissões. Foi monitora e ministra aulas no curso Gestão para o Baixo Carbono do GVpec e é treinadora certificada pelo World Resources Institute na metodologia do GHG Protocol. Possui mais de 4 anos de experiência na área de mudanças climáticas, atuando na consultoria CantorCO2e Brasil, desenvolvendo inventários de GEE, projetos MDL e consultoria estratégica em gestão de GEE. Também possui breve experiência na área de qualidade e meio ambiente, tendo ministrado treinamentos socioambientais, participado de auditorias das normas ISO 14001, ISO 9001 e ISO 27001 e atuado como responsável pela reciclagem e descarte de resíduos de uma empresa de telemarketing.


Mariana Nicolletti

Gestora de Projeto

Mariana é graduada em Administração de Empresas cá na FGV e tem mestrado em Psicologia Social pela USP (tema: Economia Solidária e Identidade); teve a maior parte de sua trajetória profissional trilhada no Terceiro Setor. Entre as principais experiências vale destacar a atuação como formadora e coordenadora da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da FGV, como coordenadora do Programa Sustentabilidade na Prática, do IBENS, e como gerente da NESsT Brasil, uma organização internacional de fomento a negócios sociais. Entre suas áreas de maior interesse e de conhecimento estão as dinâmicas de grupo e jogos cooperativos, a facilitação de planejamento estratégico e o desenho e a implementação de processos gerenciais. Entre as áreas de interesse estão também feiras de troca e moedas sociais. Os hobbies da Mariana são cinema, teatro, andar de bicicleta por aí e brincar com Antônio, seu filho de quatro meses e meio.


George Magalhães

Gestor de Projeto

Formado em Gestão Ambiental pela USP, apresentou como trabalho de conclusão uma análise do potencial de redução de emissão de GEE para o setor de transporte dos dez maiores municípios do estado de São Paulo. Possui experiência sobre emissões de GEE por estagiar no Setor de Clima e Energia da CETESB, na consultoria Econergy Brasil e na ONG Evoluir Cultural. Trabalha desde 2008 com inventários de GEE, tendo sido membro da equipe técnica do “1º Inventário de emissões antrópicas de GEE do estado de São Paulo” e da “II Comunicação Nacional – Inventário de emissões de GEE por tratamento de resíduos sólidos e efluentes”. Em 2010, apresentou em congresso internacional artigo sobre emissões de GEE por aterramento de resíduos no Brasil.


Ricardo Dinato

Pesquisador

Graduado em Engenharia Elétrica pela Poli/USP, tem uma especialização em Engenharia Clínica pelo Einstein e é mestrando em Engenharia Química na Poli/USP – com pesquisa em “Sistematização dos Métodos de Contabilização de Emissões de Gases de Efeito Estufa sob a Ótica da Lógica do Ciclo de Vida”. Foi pesquisador do Centro Nacional de Referência em Biomassa (CENBIO – IEE/USP) e já trabalhou conosco em 2010-2011, no GHG. Foi colaborador da OSCIP Iniciativa Verde e pesquisador do projeto “Construção de Banco de Dados para apoio à execução de estudos de Avaliação de Ciclo de Vida (ACV) para o setor petroquímico”.


Priscila Lacerda

Pesquisadora

Graduada em Gestão Ambiental pela Universidade de São Paulo - USP e cursando Engenharia de Materiais pelo Mackenzie. Foi pesquisadora na área de análise de ciclo de vida desenvolvendo calculadora da pegada de carbono em parceria com professor da USP e o Instituto Amigos da Terra. Atuou em consultoria ambiental desde 2010 dando suporte aos projetos de MDL na gestão de gases de efeito estufa. Durante graduação fez iniciação científica com foco em resíduos eletro-eletrônicos pela FSP – USP, bolsista da Agência USP de Inovação – USP Recicla e estagiou em empresas na área de qualidade e meio ambiente.


Betania Vilas Boas

Pesquisadora

Bacharel em Gestão Ambiental pela ESALQ/USP. Pós graduanda em Administração de Empresas, pela Fundação Getúlio Vargas. Possui experiência com agricultura familiar e projetos de biocombustíveis, tendo atuado nessa área através de projetos acadêmicos e empresa de consultoria. Trabalhou no terceiro setor, por mais de dois anos, desenvolvendo negócios inclusivos e empreendedorismo para baixa renda. Sua atividade preferida é brincar com suas sobrinhas!


Aletéa Madacki

Pesquisadora

Aletea é bióloga formada pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp) de Botucatu e graduanda em Gestão Ambiental pela Universidade de São Paulo. Trabalhou com Gestão de Resíduos Sólidos e Coleta Seletiva na Prefeitura de Botucatu e Educação Ambiental Coorporativa para o Metrô de São Paulo.


Natalia Lutti Hummel

Pesquisadora

Engenheira Ambiental, com mestrado em ciências climáticas. Foi colaboradora do Programa Brasileiro GHG Protocol, tem também experiência em consultoria ambiental nas áreas de clima, biodiversidade e sustentabilidade em geral. Seu interesse em trabalhar com sustentabilidade está relacionada à alguns de seus hobbies como viajar, atividades ao ar livre e contato com a natureza.


Raquel Toledo Modesto Souza

Pesquisadora

Engenheira Ambiental, com mestrado na linha de indicadores de sustentabilidade para agroecossistemas. Possui também experiência com sistemas de gestão ambiental, certificações (ISO 9001, 14001, 18001 e PBQP-H), gerenciamento de resíduos e licenciamento ambiental. Gosta de procurar maneiras de ficar em contato com a natureza, fazendo viagens para a praia ou montanhas, caminhadas com seus parceiros caninos ou pedaladas com amigos.

 

Desenvolvimento Local


Daniela Gomes Pinto

Coordenadora

Geóloga pela Universidade de São Paulo, jornalista pela PUC São Paulo e Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela London School of Economics and Political Science, Reino Unido, como bolsista do British Council. Foi coordenadora do Relatório de Desenvolvimento Humano Nacional no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) entre 2012 e 2014, responsável pela produção do novo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) dos municípios brasileiros e da plataforma Atlas Brasil 2013 - www.atlasbrasil.org.br - com 200 indicadores socioeconômicos municipais, bem como do lançamento do IDH global. Entre 2008 e 2011, foi pesquisadora senior e depois coordenadora de projeto no Programa de Desenvolvimento Local do GVces, atuando nos projetos Juruti Sustentável e Indicadores de Juruti, e apoiando o Plano de Desenvolvimento Local para a região da AHE Jirau. Iniciou sua carreira com diagnóstico de áreas contaminadas na CSD-GEOKLOCK, criou e coordenou o site www.amazonia.org.br de Amigos da Terra - Amazônia Brasileira e foi coordenadora executiva do Plano de Manejo do Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, em Minas Gerais. Como consultora, colaborou no levantamento de indicadores ambientais do ISE e com projetos do International Institute for Environment and Development, de Londres. Como pesquisadora, participou do projeto Parcerias Florestais da Universidade de São Paulo. De volta ao GVces, assume a coordenação do programa Desenvolvimento Local e a coordenação do projeto Monitoramento das Condicionantes da UHE Belo Monte, para a Secretaria Geral da Presidência da República. Mora em Brasília.


Lívia Menezes Pagotto

Gestora de Projeto

Formada em Ciências Sociais pela PUC-SP, com especialização em “Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Questões Globais” pela FAAP (monografia sobre o histórico das negociações internacionais sobre REDD+ e a posição do governo brasileiro) e mestrado em “Governança Ambiental” pela Albert-Ludwigs-Universität Freiburg, Alemanha (dissertação sobre parcerias para o desenvolvimento sustentável entre ONGs internacionais e empresas). Iniciou a sua carreira em 2005, na Unilever Brasil, e mais tarde trabalhou por dois anos na consultoria Visão Sustentável. Durante o mestrado fez um estágio no Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Divisão de Tecnologia, Indústria e Economia) em Paris, onde se dedicou a dois temas: reporting e financiamento para o desenvolvimento sustentável. Entre 2009 e 2011 trabalhou no Programa de Desenvolvimento Local do GVces, na elaboração do Plano de Desenvolvimento Local do AHE Jirau, e mais tarde colaborou brevemente com o Programa de Sustentabilidade Global, na iniciativa “Tendências em Serviços Ecossistêmicos” (TeSE). Desde janeiro está de volta ao Programa de Desenvolvimento Local, como Gestora de Projetos da Iniciativa Empresarial “Desenvolvimento Local e Grandes Empreendimentos” (IDLocal).


Letícia Arthuzo

Gestora de Projeto

Ecóloga pela Universidade Estadual Paulista - UNESP/Rio Claro, trabalhou no Departamento de Ecofisiologia de Plantas e no Jardim Botânico da Universidade Friedrich-Alexander de Erlangen-Nürnberg (Alemanha). Foi coordenadora de meio ambiente na Geokinetics, uma multinacional na área de pesquisa sísmica e analista ambiental na Ambplan, empresa de consultoria de legislação ambiental. Hoje atua no Programa de Desenvolvimento Local do GVCes, no Projeto Indicadores de Juruti.


Flora Rebello

Pesquisadora

Bacharel em Relações Internacionais com especialização em Organizações Internacionais pela Universita' Statale di Milano, na Itália. Depois de 6,5 anos de pizza e pasta, se mudou para os Países Baixos, onde se formou Mestre cum laude em Direito Internacional com especialização em Direitos Humanos pela Maastricht University. Durante o mestrado participou e conduziu diversas pesquisas para diferentes departamentos da Faculdade de Direito, incluindo assistência de pesquisa ao Comitê de Direitos Humanos da ONU. Sua última experiência antes de retornar ao Brasil em março de 2014, foi na Rabobank International em Utrecht, onde foi trainee em Sustainable Business Development e que incluiu um período na Rabobank Brasil - São Paulo. O projeto focou em recomendações práticas para a implantação da política institucional de direitos humanos no dia-a-dia do banco levando em conta primordialmente os processos internos, as demandas dos stakeholders e as principais tendências no âmbito dos negócios e direitos humanos.


Graziela Azevedo

Pesquisadora

Graduada e Mestre em Administração Pública pela EAESP-FGV, com foco em desenvolvimento local e participação social na Amazônia, foi aluna da primeira turma da disciplina eletiva Formação Integrada para a Sustentabilidade. Foi coordenadora de projetos entre 2012 e 2014 no Instituto Jatobás, organização social de gestão do conhecimento em desenvolvimento sustentável, sendo responsável pela formação e ativação de rede de lideranças em Pardinho-SP, pelo programa de educação para a sustentabilidade, dentre outras iniciativas. Entre 2010 e 2012, trabalhou no Programa Desenvolvimento Local do GVces, no projeto Indicadores de Juruti e como bolsista de pesquisa em participação social e empoderamento. Foi diretora de projetos de consultoria para o terceiro setor na Consultoria Júnior Pública-FGV, além de atuar no planejamento estratégico, gestão administrativa e coordenação do Instituto Sinapse, responsável pelo Jogo da Cidadania. Facilita a ATMA - programa de transformação de conflitos a partir da antroposofia, teoria U e justiça restaurativa.


Felipe Castro

Pesquisados

Administrador pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e estudante de Filosofia pela Universidade de São Paulo. Tem aproximadamente dez anos de experiência na iniciativa privada em áreas complementares de gestão e marketing. Trabalhou seis anos na Unilever onde foi trainee e gerente, aprofundando-se em Planejamento Estratégico, Gestão de Negócio, Gestão de Projetos e Comunicação Integrada. Em sua última experiência profissional foi responsável pela estruturação de um grupo de prestação de serviços para o Google no setor de comunicação e inteligência de dados de mídia, na agência Cubocc. Posteriormente assumiu o cargo de liderança operacional (COO) desta mesma agência que possui em torno de 100 funcionários. Por um ano realizou um projeto de formação independente na área de desenvolvimento social na Ásia (Índia, Nepal e Bangladesh). Como voluntário explorou as possibilidades e limites de integração de empreendimentos da iniciativa privada com o processo de desenvolvimento social (criação de valor compartilhado) em instituições de diferentes abordagens e portes (Ashoka, Grameen Bank, Yunus Centre, Care, Natura).


Carolina Derivi

Gestora de Comunicação

Formada pela Cásper Líbero, há nove anos é jornalista especializada em sustentabilidade, com destaque para a cobertura de Amazônia. Foi repórter e subeditora da revista Página22, de 2008 a 2011. Foi consultora de comunicação para o Vitae Civilis ao longo de 2012, com atuação na conferência Rio+20, e pauteira do programa Capital Natural, da Bandnews TV, entre 2012 e 2014. Começou como repórter do site Amazonia.org.br, de Amigos da Terra - Amazônia Brasileira, e colaborou durante cinco anos com o portal Planeta Sustentável, da editora Abril. Acaba de voltar de um período sabático, durante o qual viajou para 16 países. Fica entre São Paulo e Altamira, na coordenação da Comunicação do projeto Indicadores de Belo Monte.

 

Consumo Sustentável


Luciana Stocco Betiol

Coordenadora

Advogada, Bacharel em Direito formada pela PUC/SP, Especialista em Direito Processual Civil pela PUC/SP, Máster em Direito Ambiental pela Universidad Complutense de Madrid, Mestre em Direito Civil pela PUC/SP e doutoranda em Direitos Difusos e Coletivos pela PUC/SP. Coordenadora do programa de Consumo Sustentável e Vice Coordenadora do curso de MBA em Gestão de Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas. Sócia fundadora da Associação Nacional de Arquitetura Bioecológica - ANAB-BRASIL e responsável pelo núcleo jurídico. Foi monitora do Programa de Educação Continuada da Fundação Getúlio Vargas - GV/PEC em Gestão de Sustentabilidade. Foi professora Assistente no curso de pós-graduação "lato sensu" em Direito Civil - Escola Paulista de Advocacia - Instituto dos Advogados de São Paulo (2004). Foi professora Assistente no curso de pós-graduação "lato sensu" em Direito Administrativo Contratual promovido pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas - GVLaw. Foi Professora Assistente de graduação em Direito Civil da Pontifícia Universidade Católica / SP. Foi advogada associada do Lima Gonçalves, Jambor, Rotenberg & Silveira Bueno Advogados. Trabalhou no Ávila, Nogueira, Miguel Neto e Aidar Advogados. Foi advogada júnior no escritório Renan Lotufo Advogados Associados.


Ligia Ramos

Pesquisadora

Bacharel em Relações Internacionais pela PUC-SP. Atuou durante dois anos na diretoria de Desenvolvimento Sustentável do Banco Real, apoiando o planejamento e execução de ações educativas em sustentabilidade para os funcionários da organização. Já no GVces, atuou no programa Formação Integrada, em projetos como a disciplina eletiva Formação Integrada para Sustentabilidade e foi monitora da 3ª turma do MBA em Gestão da Sustentabilidade. Hoje, faz parte do programa de Consumo Sustentável do GVces.


Gabriela Alem

Pesquisadora

Graduada em Gestão Ambiental pela Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP/ EACH), concluiu o curso com um trabalho sobre a construção social de problemas socioambientais urbanos, com foco nos dilemas da mobilidade. Esse foi o marco do aprofundamento com os temas sobre cidades e políticas públicas, que, em 2007 durante o Dia Mundial sem Carro, inspirou a criação de um movimento social e grupo de diálogos, o Coletivo Ecologia Urbana, tendo como principal ação o BotECO URBANA, um convite para debates sobre ecologia urbana em espaços públicos. Em sua trajetória profissional, passou pela Secretaria do Verde e Meio Ambiente do Município de São Paulo (Núcleo de Gestão Descentralizada - Norte) na área de educação ambiental. Seguindo na linha da educação, foi estagiária do Banco Real, na Diretoria de Desenvolvimento Sustentável. Em 2009, trabalhou no ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade em projetos sobre energias renováveis e eficiência, contaminação de solos e construções sustentáveis. Depois de um ano entre Austrália e sudeste asiático, voltou ao Brasil e ao ICLEI, dessa vez como coordenadora de projetos das áreas de gestão de resíduos sólidos e compras públicas sustentáveis. É co-autora do livro Compra Sustentável: a força do consumo público e empresarial para uma economia verde e inclusiva, uma parceria GVces-ICLEI. Foi também redatora e apresentadora do programa audiovisual Ecorama e fez trabalhos pontuais como consultora em sustentabilidade.


Felipe Giasson Luccas

Estagiário

Graduando em Engenharia Ambiental pela Escola Politécnica da USP. Trabalhou como professor de exatas em escolas de reforço durante toda a graduação onde desenvolveu seu gosto em compartilhar conhecimento. Foi indicado pelo Grupo de Prevenção à Poluição (GP2-USP) à equipe de Sustentabilidade Global para colaborar no desenvolvimento dos relatórios de Avaliação de Ciclo de Vida no projeto realizado pelo GVces em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e o Ministério do Meio Ambiente (MMA). Ingressou no GVces para fomentar a abordagem de Ciclo de Vida dentro do programa de Consumo Sustentável.

 

Finanças Sustentáveis


Aron Belinky

Coordenador



Annelise Vendramini

Gestora de Projeto

Graduada em Administração de Empresas pela PUC – SP. MBA em Finanças pelo Insper. Mestre e doutora em Administração de Empresas pela FEA – USP. Desde 2004 é professora de pós-graduação da Fundação Instituto de Administração em disciplinas de sustentabilidade e finanças. Seus temas de pesquisa estão relacionados à economia, finanças e sustentabilidade. Com mais 15 anos de experiência profissional em finanças e planejamento estratégico, trabalhou no Brasil e no exterior em organizações como PWC, CSN, Grupo Votorantim, Enron e IFC. Em Sustentabilidade, trabalhou na incorporação de aspectos socioambientais no planejamento estratégico corporativo, reporte e análises microeconômicas para formulação de políticas públicas, em organizações como Whirlpool, Braskem, WWF e Akatu, entre outras. É apaixonada por economia, literatura e filosofia e adora dar suas corridas por aí ouvindo o bom e velho rock and roll.


Helton Barbosa

Pesquisador

Formado em Processamento de Dados pela Mackenzie, com especialização em Gestão e Educação Ambiental (FISP e USP) e MBA em Gestão de Sustentabilidade pela FGV, atuou durante 14 anos no Bradesco, sendo os últimos 5 como analista de Responsabilidade Socioambiental. Dentre suas atribuições, estavam a elaboração do Relatório de Sustentabilidade (seguindo as diretrizes da GRI) e os processos de resposta aos questionários do Dow Jones Sustainability Index (DJSI), Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e do Guia Exame de Sustentabilidade. É casado e tem uma filhota, a Lorena. Adora viajar e pedalar.


Fernanda Macedo

Pesquisadora

Fernanda formou-se em comunicação social pela PUC do Rio de Janeiro e iniciou sua carreira profissional na área de Sustentabilidade Empresarial, trabalhando com a elaboração de relatórios de sustentabilidade, inventários de GEE, projetos sociais, indicadores e questionários de sustentabilidade. Em 2011, se mudou para São Paulo e passou a integrar a equipe de Finanças Sustentáveis do GVces, no projeto do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBOVESPA, dentre outras inciativas. Foi monitora do Master de Gestão em Sustentabilidade da FGV e, atualmente, é aluna da primeira turma do mestrado acadêmico em Sustentabilidade, pela USP, e desenvolve sua pesquisa na área da Inovação e Sustentabilidade.


Fernanda Rocha

Pesquisadora

Bacharel em Administração Pública pela FGV – EAESP. Trabalhou como analista de crédito no mercado financeiro e desenvolveu iniciativas de sustentabilidade para o Projeto Oi São Paulo da operadora Oi. Participou de atividades voluntárias na ONG Wild at Heart na África do Sul e na Make a Wish Brasil. Fez um upgrade em Formação em Planejamento Estratégico para a Sustentabilidade pelo TNS. No Gvces é pesquisadora de finanças sustentáveis.


Gisela Chulman

Estagiária

Graduanda em Ciências Econômicas na FGV - EESP. Já trabalhou com iniciativas de educação não-formal e com finanças sustentáveis como coordenadora da entidade estudantil BNI (Banco de Negócios Inclusivos) da ITCP-FGV. Participa hoje ativamente da ONG TETO que luta contra a pobreza extrema no Brasil. Fez parte da sétima edição do FIS (Formação Integrada para Sustentabilidade) e compartilha grande interesse por temas como educação, filosofia, políticas sociais e desenvolvimento sustentável. Ingressou no GVces para fazer parte da equipe da iniciativa empresarial Tendências em Serviços Ecossistêmicos.

 

Política e Economia Ambiental


Guarany Osório

Coordenador

Mestre e especialista em Ciências Jurídico-Ambientais pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Advogado com experiência nas áreas Ambiental, Empresarial e Saúde. Atuou no terceiro setor, na estruturação de franquias sociais, coordenou a campanha de clima do Greenpeace e participou do processo de elaboração de políticas públicas subnacionais sobre mudança do clima. Atualmente, o foco de atuação profissional é na regulamentação aplicável às mudanças climáticas, nos níveis internacional, nacional e subnacional.


Alexandre Gross

Gestor de Projeto

Engenheiro Ambiental, com dupla formação pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e a École des Ponts ParisTech (Paris-França) com formação interdisciplinar em meio ambiente, urbanismo e transporte. Possui igualmente Master em Ciências em Economia do Desenvolvimento Sustentável e do Meio Ambiente (ParisTech) atuando na área de mudanças climáticas desde 2008. Viveu três anos na Europa (França e Suíça) onde trabalhou como responsável de projetos de MDL (Mecanismo de Desenvolvimento Limpo) na África e como assistente especialista em economia ambiental em um estudo do Banco Mundial sobre adaptação às mudanças climáticas e redução de riscos naturais em cidades costeiras do norte da África. Atualmente é pesquisador do GVces no Programa de Sustentabilidade Global atuando principalmente nas áreas de “Pesquisa e Produção de Conhecimento” e “Formação”.


Inaiê Santos

Pesquisadora

Graduada em economia pela USP, com mestrado na mesma área pela UFRJ. Estagiou na BM&F, nas áreas de derivativos agropecuários e mercado de carbono. Foi trainee e auditora interna em uma multinacional. Durante o mestrado, foi pesquisadora do Grupo de Economia da Energia da UFRJ. Atualmente, tem particular interesse em pesquisa na área de políticas públicas.


Susian Martins

Pesquisadora

Engenheira agrônoma pela UFSCar, Mestre e Doutora pela ESALQ e CENA/USP, pós doutoranda no Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura - Universidade Estadual de Campinas – CEPAGRI/UNICAMP. A Susian já colaborou com o GVces em pesquisa para o Observatório do Clima e até março era pesquisadora colaboradora e Bolsista DTI-1 CNPq na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA Informática, atuando em pesquisas e extensão nos temas: Mudanças Climáticas na Agricultura, Inventários de Emissão de Gases do Efeito Estufa, Zoneamento Agrícola de Riscos Climáticos, Recuperação de pastagens degradadas, Cap-and-trade agropecuário para o Brasil e Políticas Públicas no Setor Agropecuário. Ela se junta a equipe do Projeto do Observatório do Plano ABC, uma parceria com o Gvagro, sob a coordenação do Programa de Política e Economia Ambiental (PEA).


Guilherme Lefèvre

Pesquisador

Guilherme é formado em direito pela Universidade de Leiden nos Países Baixos. Em 2011, concluiu seu mestrado em Ciência Ambiental na USP, onde realizou pesquisa sobre a contribuição do projeto MDL no Aterro Sanitário Bandeirantes para o desenvolvimento sustentável local. Já morou em Moçambique onde trabalhou durante sete meses na Agência de Cooperação Internacional Holandesa. Antes de se juntar à equipe do GVces, Guilherme trabalhou como auditor de projetos de créditos de carbono no Brasil e em outros países da América Latina. Também já trabalhou em consultoria ambiental na área de mudanças climáticas e sustentabilidade. Em seu tempo livre, Guilherme gosta de jogar críquete, um esporte pouquíssimo conhecido aqui no Brasil.


Rodrigo Antonio Carneiro

Estagiário

Em 2012 graduou-se Bacharel em Ciência e Tecnologia pela Universidade Federal do ABC, onde atualmente cursa Engenharia de Energia. Membro do grupo de pesquisa sobre Planejamento Integrado de Recursos Energéticos da Universidade de São Paulo (PIR/USP) desde 2009 onde auxiliou no desenvolvimento da metodologia, mais especificamente na parte de demanda energética. De março de 2011 a junho de 2013 participou do projeto da USP chamado Ekó House, para construção de uma casa protótipo com foco em sustentabilidade e alimentada com energia solar fotovoltaica, atuando no projeto e implementação da parte elétrica e fotovoltaica. Praticante assíduo de escalada à aproximadamente dois anos.


Gustavo Velloso

Pesquisador

Graduado em economia pela Fundação Getúlio Vargas. Vem atuando nas áreas de políticas públicas e economia ambiental tendo como foco o tema mudança climática. Participou da elaboração de Notas Técnicas para subsidiar o Plano Indústria de baixo carbono do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, de propostas empresariais de políticas públicas para mudanças climáticas, e de estudos sobre instrumentos econômicos na área das mudanças climáticas para o Ministério da Fazenda. Atualmente, está em processo de conclusão de seu Mestrado em Políticas Públicas e Desenvolvimento Humano, com especialização em Risco e Vulnerabilidade, pelas universidades de Maastricht e das Nações Unidas (UNU-MERIT).


Juliana de Araújo Monti

Pesquisadora

Sou paulistana e graduada em Gestão Ambiental pela ESALQ/USP. Durante a graduação trabalhei com pesquisa e extensão nas áreas de políticas públicas, economia ambiental e gestão resíduos. Também estudei durante um ano na PennState University nos EUA como bolsista do Programa Ciência sem Fronteiras. Gosto de assistir futebol, ouvir música ao vivo e tomar cerveja com os amigos.

 

Professores e Pesquisadores Associados


André Carvalho

Professor Associado

Professor do Departamento de Administração da Produção e Operações Industriais e Vice-Coordenador da Graduação da EAESP-FGV. Seus temas de interesse são: economia e meio ambiente, comércio internacional e meio ambiente e sustentabilidade em cadeias de suprimento. Mestre e Doutor em Administração de Empresas – Linha de Gestão Socioambiental na EAESP-FGV. Engenheiro pela Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da UNICAMP, Mestre em Administração de Empresas na EAESP-FGV. No GVces desde 2004, coordenou o Programa New Ventures Brasil, de apoio ao empreendedorismo associado a inovações socioambientais, além de pesquisas como Impactos Socioeconômicos e Ambientais do Complexo Minero-siderúrgico de Mato Grosso do Sul (2008) e a série Tendências e Oportunidades na Economia Verde – (i) Energias Renováveis, (ii) Eficiência Energética e (iii) Políticas para a Promoção da Economia Verde, publicada pelo Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi), em 2010. Entre 2001 e 2004, coordenou as atividades de Desenvolvimento Institucional da ONG Amigos da Terra – Amazônia Brasileira. Entre 1999 e 2001 atuou na Cargill Agrícola SA.

 

Página22


Amália Safatle

Editora

Graduada em Jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. É editora-fundadora da revista Página22 e colunista quinzenal da revista eletrônica Terra Magazine, do portal Terra. Trabalhou cerca de dez anos na revista CartaCapital, onde foi repórter (1996-99) e editora de Economia (2000-2005), além de colunista na área socioambiental (1998-2005). Também atuou como repórter no jornal Gazeta Mercantil e como assessora de comunicação da Associação Brasileira dos Analistas do Mercado de Capitais, atual Apimec. Recebeu premiações do Instituto Ethos, Bovespa e Conservation International.

 

Comunicação e Mobilização


Ricardo Barretto

Coordenador de Comunicação

Bacharel em Relações Internacionais pela PUC-SP, com especialização em Jornalismo Político (COGEAE-PUC), cursa atualmente a pós-graduação Redes Digitais, Sustentabilidade e Terceiro Setor (ECA/USP). Foi jornalista do Instituto Socioambiental (ISA), sócio-fundador da agência Cauxi, de comunicação para ONGs, e prestou assessoria para outras organizações - como o Instituto Latino-americano das Nações Unidas (Ilanud), dentro do projeto "Mídia e Direitos Humanos". Também atuou como repórter na grande imprensa, em veículos como a Agência Estado, na área de cultura e variedades, e no portal Tecto, com o tema arquitetura e urbanismo. No GVces, é responsável pelo planejamento da comunicação em parceria com os programas e linhas estratégicas do centro e pela coordenação das atividades que acontecem em três frentes: comunicação institucional, relacionamento e conteúdo.


Maria Piza

Gestora de Relacionamento e Mobilização

Entusiasta da sustentabilidade desde o colégio, teve sua real formação no Diretório Acadêmico da Biologia do Mackenzie e depois no Diretório Central dos Estudantes, além do voluntariado realizado em diversas áreas ambientais. Também cursou administração no Mackenzie e se auto intitula como ‘bio-administradora’. Trabalhou no marketing de algumas empresas multinacionais, como por exemplo a Siemens, e agregou a este aprendizado corporativo novos conceitos de inovação, empreendedorismo e potencial criativo de redes ao trabalhar como coordenadora do Hub São Paulo. É responsável pelos eventos e facilitação de conversas e reuniões em grupo do Ces.


Bel Brunharo

Gestora de Produção

Com quase 20 anos de experiência no mercado editorial, trabalhou nas redações das revistas Vogue Brasil, CartaCapital e Five Star. Fez parte da equipe que desenvolveu o projeto CD-Rom “História da Fotografia” – SENAC Fuji. Atuou também na área de comunicação e marketing, atendendo clientes como Ibmec-TE, Coca-Cola, Itaú, O Jornal – SBHCI e o site do Núcleo de História Indígena e do Indigenismo da USP.


Leandro Milani Gouveia

Comunicação Institucional

Bacharel em Hotelaria pelo SENAC-SP, atuou durante 5 anos com eventos na área da saúde, auxiliando na organização de alguns dos mais importantes eventos da área na América Latina, pelo Hospital Albert Einstein. Cursou pós-graduação em Marketing pela FAAP na mesma época em que resolveu sair da área médica e começou a buscar novos caminhos. No fim de 2009 passou a trabalhar como produtor de eventos na Recicleiros, empresa que desenvolve projetos de gestão de resíduos e de consultoria em sustentabilidade. Lá contribuiu e coordenou projetos para grandes eventos como: SWU, Planeta Terra Festival, Mundial de Vôlei de Praia, Fórmula Indy e Natura Nós, dentre outros. Dentro da Recicleiros percebeu que a área de comunicação tinha espaço para evoluir, por isso coordenou o desenvolvimento desse setor. É ciclista amador e gosta de construir com as próprias mãos.


Bruno Toledo

Produtor de Conteúdo

Mestre em Relações Internacionais pelo IRI-USP, com trabalhos acadêmicos nas áreas de políticas públicas sociais, trabalho humanitário em situações de conflito armado, negociações internacionais em temas ambientais, além de pesquisa premiada pela PUC-SP sobre a participação do governo brasileiro no processo de negociação do Protocolo de Cartagena sobre Segurança da Biotecnologia, parte da Convenção sobre Diversidade Biológica. Durante a graduação na PUC-SP, coordenou as atividades do Grupo de Estudos sobre Negociações Ambientais Internacionais (2006-2009), no âmbito do curso.


Felipe Frezza

Produtor de Eventos

Formado em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário FIEO, Felipe produziu eventos como Salão 2 Rodas, convenções, workshops e festivais de música. Trabalhou em empresas como a antiga Sundown Motos, Folha de S. Paulo, Revista Cult e Microservice. Gosta de ler, sair com os amigos e estar em contato com a natureza. Acredita que podemos trabalhar para o desenvolvimento de um mundo melhor, desde que cada um faça sua parte. “Seja a mudança que você gostaria de ver no mundo” (Gandhi)


Lucas Manfredi Gonçalves

Assistente de Comunicação e Eventos

Cursando o terceiro ano de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda na Universidade Nove de Julho. Atuou na área de recepção e eventos na empresa Hotel Panamby classificado como categoria business, atendendo não apenas hospedes padrões como também grupos de grandes empresas com marcas consagradas. Trabalhou no hotel durante 1 ano sendo seis meses como estagiário e seis meses efetivo. Atuou também no Estúdio Fotográfico M.Bianchi como fotografo em eventos importantes como casamentos, festas de inauguração e formaturas.


Milene Akemi Fukuda

Estagiária

Cursando o terceiro ano de Jornalismo na ESPM, já quis fazer gastronomia, direito e letras. Seu primeiro salário foi como assistente de pesquisa no Mestrado da faculdade, depois passou por uma assessoria de imprensa com clientes da área de saúde. Antes de entrar no GVces trabalhava em uma agência de publicidade cuidando de mídias sociais. Já fez intercâmbio para o Chile e cursos de cinema, rádio, marketing digital, Excel e atualmente está realizando uma oficina de documentário.

 

Apoio Institucional


Mariana Goulios

Coordenadora de Planejamento e Gestão

Profissional da área de planejamento e gestão, graduada em administração de empresas pela Universidade Mackenzie, e pós graduada em administração de marketing pela FAAP. No momento coordenadora da planejamento e gestão do GVces. Trabalhou por 13 anos na Tok&Stok, onde iniciou as atividades através da função de trainee. Depois de passar por diversos departamentos, assumiu a supervisão da área de planejamento e controle comercial, acompanhando a operação e desempenho de diversas áreas, através de formalização de conceitos, de métricas, indicadores e objetivos; avaliando resultados e identificação e análise de possíveis desvios. Desenvolvimento de ferramentas para monitoramento da gestão e detecção de focos de melhoria; BI e bases de dados.


Daniela Paschoal Sanches

Analista Administrativa

Graduada em Turismo pela Universidade do Grande ABC. Técnica em Processamento de Dados. Já trabalhou no Santander Banespa e na Tim, além de ter atuado no Programa de Gestão Pública e Cidadania da FGV.


Giselle Pinheiro de Oliveira

Assistente Administrativa

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade de Santo Amaro. Estagiou na Receita Federal e UNISA.


Miria Rodrigues Alvarenga da Silva

Recepcionista

Possui ensino Médio Completo. Atuou na área de atendimento ao cliente como operadora de telemarketing receptivo, trabalhou como assistente administrativa de uma transportadora e também como vendedora.

 

Tecnologia da Informação


Hilton Rogerio Ceccacci

Gerente

Graduado em Administração de Empresas pela UNISAL (Centro Universitário Salesiano de São Paulo) e possui mais de 25 anos de experiência na área de Tecnologia da Informação. Dentre as organizações em que atuou estão Sucos Del Valle, Secretaria de Estado da Saúde e Alelo-Visa Vale, nas quais desenvolveu qualificações em coordenação de equipes multidisciplinares de infraestrutura de TI e Telecomunicações, coordenação de comitê de gestão de mudanças , elaboração e condução do orçamento anual de TI, além de especificações técnicas e de negócios para projetos de TI e Telecom. Neste período o Hilton também acumulou conhecimentos em projetos de redes e sistemas informatizados, com aderência aos processos ITIL (o Information Technology Infrastructure Library – ITIL é um conjunto de boas práticas a serem aplicadas na infraestrutura, operação e manutenção de serviços de tecnologia da informação), PMI (o Project Management Institute – PMI é uma instituição internacional dedicada a promover padrões profissionais de gestão de projetos) e CoBit ( o Control Objectives for Information and related Technology - CoBit é um guia de boas práticas dirigido para a gestão de tecnologia de informação). Pai de um rapaz de 17 anos e de uma moça de 13, o Hilton aprecia a sensação de liberdade oferecida pelos passeios de motocicleta, o que gosta de fazer nas estradas próximas de Americana, em especial no finais de semana em que rola um churrasquinho!

 

Iniciativas Empresariais


Manuela Santos

Pesquisadora

Graduada em Administração de Empresas pela FGV-EAESP, fez um intercâmbio na Université Paris Dauphine, na França, e na volta participou da 2ª Turma do FIS, com o tema “Uso Sustentável da Biodiversidade”, que lhe fez perceber a necessidade de dar voz às suas interrogações interiores e trabalhar para o bem comum. Antes de ingressar no GVces, trabalhou como Analista na Via Gutenberg, uma consultoria em sustentabilidade, e foi estagiária no HSBC Bank Brasil.

 

Compartilhar:


Mais Lidos | Recomendados