Investimentos

Estimular o setor financeiro para o importante papel de construção de uma sociedade mais sustentável está no âmago da criação do Gvces e é o principal objetivo do programa de Finanças Sustentáveis, que apoia a indústria financeira na adoção de critérios para suas decisões como políticas de riscos socioambientais e produtos que aproveitem novas oportunidades de negócio, tais como os fundos de Investimentos Socialmente Responsáveis (SRI) e os mercados de carbono e de microfinanças. O objetivo é viabilizar a oferta de capital financeiro que promova a prosperidade econômica, a proteção ambiental e a justiça social.


Financiamento da economia de baixo carbono

O estudo "Como Avançar no Financiamento da Economia de Baixo Carbono", publicado recentemente pelo GVces, com o apoio da Embaixada Britânica, identifica os produtos e serviços oferecidos pelo setor financeiro, além da regulação e dos incentivos governamentais, em matéria de baixo carbono para os setores de agropecuária e de energia.

Saiba mais


Natural Capital Declaration

Coordenada pela Iniciativa Financeira do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), pelo Global Canopy Programme (GCP), e no Brasil pelo GVces, a Declaração do Capital Natural é um compromisso firmado pelo setor financeiro de trabalhar pela integração de critérios de Capital Natural aos produtos e serviços oferecidos pelas instituições financeiras. Seu objetivo é mostrar que o setor financeiro reconhece e reafirma a importância do Capital Natural para a manutenção de uma economia global.

Saiba mais


Finanças e Clima

Destacam-se entre os trabalhos do GVces nesta área os estudos sobre o papel dos financiamentos de bancos públicos e privados como estímulo às diferentes atividades econômicas a operarem no contexto das mudanças climáticas. Produzidos com apoio do PNUMA, os estudos têm por objetivo mapear políticas e práticas das instituições financeiras hoje no Brasil e apontar desafios e oportunidades para o avanço da atuação dos bancos com foco na economia de baixo carbono e na mitigação e adaptação à mudança do clima.

Clique nas imagens para acessar as publicações.

Click on the links below to download the English version of the publications.

Brazilian State-owned Banks and Climate Change

Privately-owned Banks and Climate Change


Protocolo Verde

A partir de debates promovidos pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) com diferentes setores da sociedade, o GVces desenvolveu a Matriz de Indicadores do Protocolo Verde, que tem por objetivo identificar o atual status e a evolução da implementação de ações pelo setor financeiro dos princípios e diretrizes do Protocolo Verde. Este documento estimula os bancos a oferecer linhas de financiamento que fomentem a qualidade de vida da população e o uso sustentável do meio ambiente. Entre seus pontos, estão os impactos e os custos socioambientais na gestão dos ativos das instituições bancárias, a análise de riscos de projetos e financiamentos e a promoção do consumo consciente dos recursos naturais.

Acesse a Matriz de Indicdores do Protocolo Verde

 

Fórum Latinoamericano de Finanças Sustentáveis

O Lasff foi uma iniciativa coordenada pelo GVces até 2011, com origem na parceria com o International Finance Corporation (IFC), o braço privado do Banco Mundial. Entre os temas de interesse do fórum, destacavam-se os Princípios do Equador e Performance Standards, o papel dos bancos públicos, a atuação dos mercados de capitais, padrões de performance para cadeia de valor, produtos financeiros sustentáveis e microfinanças. 


Saiba mais

Compartilhar:


Mais Lidos | Recomendados

Veja Mais