Biblioteca Virtual

SCE EPC - Relatório Analítico Semestral: março a agosto de 2014

Plataforma Empresas pelo Clima (EPC), GVces

A Simulação do Sistema de Comércio de Emissões da Plataforma Empresas pelo Clima (SCE EPC) é uma iniciativa empreendida, em 2014, com um grupo de 20 empresas, com os objetivos de engajar as empresas brasileiras no debate sobre uma abordagem de mercado cap and trade abrangente e robusta para reduzir emissões de GEE e co-criar, com este grupo, proposições claras para o governo de como seria o desenho deste mercado. A partir das regras e parâmetros co-criadas em 2013 e do estudo dos principais sistemas de comércio de emissões em operação no mundo, em 2014 as empresas participantes do SCE EPC vêm comercializando títulos (permissões e offsets) para atingir o cap global do mercado, com base em suas emissões reais no ano base (2013). 

Respaldados por uma estrutura de governança composta por um Conselho Consultivo (CC) e por um Comitê Gestor (CG), os Operadores Regulados de Mercado (ORM), as empresas, vêm perseguindo duas metas paralelas: a conciliação de suas emissões reais de 2014 com títulos de mercado ao final do período operacional (novembro de 2014) e a otimização de seus resultados financeiros, isto é, o menor custo possível de conciliação. Além dos ORM, há dois tipos Operadores Especiais (OEM) atuando no SCE: um provedor de offsets e um banco de investimentos. As transações realizadas tanto nos leilões, quanto no mercado secundário são mediadas e registradas na plataforma BVTrade, desenvolvida pela BVRio, e viabilizadas por recursos financeiros fictícios em moeda oficial da Simulação, a EPCents (Ec$).

Este relatório traz análises sobre o funcionamento do SCE EPC e a atuação das empresas participantes no período de março a agosto de 2014. 

Acesso à publicação